[Memory Khard] Universo cinematográfico Marvel

Antes de começar a explicar um pouco desse universo gigante, vamos deixar umas observações. Primeiro, é claro que nem todos os filmes são unanimidades, Segundo, temos que bater palmas para essa empresa que teve coragem e com um tiro no escuro iluminou os corações de nos fãs de quadrinhos e por fim porque a maldita DC não faz seu universo também? Explicações feitas hora de explicar o que é o MCU.

Na década de 90, a indústria de quadrinhos viveu o melhor e o pior de seus momentos. E a Marvel Comics, a maior das editoras do gênero, chegou a pedir concordata. Como isso aconteceu? No início da década, as revistas vendiam muito e as editoras criaram, sem querer, uma bolha de mercado foi feita. Por um lado, lançavam revistas com várias capas alternativas, fazendo com que o mesmo consumidor comprasse a mesma revista diversas vezes para ter as capas. Por outro, criou-se um mercado especulativo de fãs que compravam revistas com a intenção de revendê-las mais tarde com preços inflacionados. De imediato, o mercado de quadrinhos se multiplicou. Em médio prazo, a bolha “estourou” e as vendas despencaram. O resultado só poderia ser um: as vendas caíram vertiginosamente. Em 1997, surpreendendo o mundo, a Marvel Comics pediu concordata. Comprada por um grupo de investidores, foi preciso uma mudança editorial radical. Sendo tremendamente ameaçada pela DC Comics com as grandes produções como: A Morte do Superman nos gibis e os filmes do Batman nos cinemas. Assim, em desespero, a Marvel decidiu vender vários direitos sobre seus personagens para a indústria cinematográfica, Time Warner, 20th Century Fox e a Sony Pictures, se apoderaram de seus personagens. A Warner foi a primeira a fazer sucesso com o Blade, o Caçador de Vampiros produzido pelo estúdio New Line Cinema, o filme arrecadou U$ 70 milhões nos Estados Unidos U$ 131 milhões em todo o mundo, com um orçamento de U$ 45 milhões. Isso fez com que a Marvel saísse das portas da falência e outras produtoras viram novas possibilidades com filmes de quadrinhos. Homem Aranha teve seus direitos vendidos para a Sony e seu filme foi produzido pela Columbia Pictures, lançado no dia 03 de maio de 2002, arrecadou 403 milhões nos EUA U$ 821 milhões em todo o mundo. Outro grande sucesso foi o filme de X-Men, feito pela FOX em 2000, arrecadando U$ 157 milhões nos Estados Unidos e U$ 296 milhões em todo o mundo, para um orçamento de U$ 75 milhões.

spider-man-movie Blade_movie - Copia xmen

Com seus investimentos feitos a Marvel conseguiu recuperar a grana que tinha perdido. Tanto que em 2005, decidiu financiar seus próprios om os personagens que a própria Marvel ainda detinha os direitos de adaptação, mas em parceira com a Paramount Pictures para distribui-los pelos os primeiros cincos anos dai então o grande desafio do até então ainda presidente dos estúdios Marvel,  Kevin Feige, dizendo que  a grande missão seria combinar todas as produções em um universo simultâneo similar ao dos quadrinhos, culminando em um encontro de todos esses heróis. E o primeiro sucesso foi Homem de Ferro, lançado no ano de 2008. O filme foi um sucesso comercial e de crítica, arrecadando mais de US$ 585 milhões e recebendo aclamação da crítica, com o desempenho de Robert Downey Jr que deu alma ao playboy Tony Stark. Se existem atores que encarnam os seus papeis, esse foi Robert Downey se tornado Tony Stark e sendo o personagem mais carismático de todos. Homem de Ferro teve duas sequencias, Homem de Ferro 2, em 2010 e outra em 2013 com Homem de Ferro 3, que para mim que estou escrevendo é um dos fracassos da Marvel Studios.

Voltando ainda lá atrás com a Paramount que ainda nesse estúdio fez outros filmes como: Incrivel Hulk, Thor, Capitão America e adquirindo de volta os direitos da Viuva Negra que foi apresentada em Homem de Ferro 2. O MCU (Marvel Cinematic Universe), estava completo, faltando apenas um único filme que era a unificação desse universo que Marvel chamou de Fase 1. Estou falando de Vingadores.

Uma palavra para definir esse filme é: Grandioso. Vingadores foi e é para mim uma das melhores adaptações de super-heróis de quadrinhos feitas para o cinema. Alguns filmes de origem podem não ter sido bons, mas eles serviram para apresentar os Herois que juntos iriam estar em um grandioso filme.

Em 31 de dezembro de 2009, a Walt Disney compra a Marvel Entertainment por U$ 4 bilhões. Após a fusão as empresas se comprometem a não afetar quaisquer projetos de cinema, embora os estúdios Disney gostaria de distribuir os futuros projetos da Marvel com seu próprio estúdio. A partir desse grande sucesso agora a Marvel/Disney decidiu lançar novos filmes, denominando essa fase de Fase 2.

Walt_disney_pictures

 

A fase 2 foi composta pela continuação de seus filmes que geraram um grande sucesso, mas com algumas boas surpresas nessa nova era de filmes. Alguns com um sucesso abaixo da critica, mas outros que não só tiveram grande sucesso de critica, mas também arrebataram os nossos corações.

Guardiões da Galaxia foi criada em 1969, e refeita com o passar do tempo. Eu, particularmente não conhecia Guardiões da Galaxia, mas foi uma grande surpresa para mim. Esse foi o grande ponto da Marvel que foi a inovação, mostraram algo novo para o publico e misturaram com musicas dos anos 70 e 80. Traduzindo tudo isso em uma frase: Sucesso garantido. Com um visual cósmico e com uma mistura de Indiana Jones, a Marvel conseguiu com que Guardiões da Galáxia se unissem ao universo dos heróis que estamos costumados a ver.

122582

Homem Formiga é a próxima evolução do Universo Cinemático da Marvel trazendo o fundador dos Vingadores para a telona pela primeira vez. Tratando-se  de um personagem mediano – ele estava na fundação dos Vingadores na década de 60, mas nunca segurou um grande título solo ou conseguiu migrar para o primeiro escalão da editora -, mas também teve produção conturbada. A expansão do mundo do próprio Homem-Formiga também é muito bem pensada, considerando a longa e conturbada história do personagem nas páginas. A opção por um herói mais velho, como mentor do novo, funciona, assim como os ganchos para o futuro – e poderes vindouros. Privilegiando os conflitos microscópicos – na ação e nos personagens -, sem superpovoar a trama, Homem-Formiga acerta em cheio, entregando outro grande, ainda que despretensioso filme do estúdio e encerrando a Fase 2 da Marvel.

443417

Nesse momento estamos vivendo a Fase 3, composta pelos filmes: Capitão América: Guerra Civil, Doutor Estranho, Thor 3: Ragnarok , Pantera Negra, Capitã Marvel e encerrando com Vingadores: Guerra Infinita Partes 1 e 2. Essa fase eu denomino com o fim de um ciclo e começo de outro, pois veremos o fechamento de Vingadores na Guerra Infinita contra Thanos, mas um começo de novos heróis para substituir uma era de filmes muito bem feita. Não sei se futuramente depois do termino da fase 3, veremos novamente Homem de Ferro ou Capitão America, mas o certo a se dizer que o MCU da Marvel foi muito bem construído com bastante solidez e que nos dará muita alegria com novos filmes em futuro bem próximo.

 

 

E com muito orgulho e satisfação anunciamos que o projeto Memory Khard completa um ano. Sempre com ótimas resenhas e trazendo conteúdo informativo e objetivo. Parabéns a todos os envolvidos e que venham muitos outros anos!13231245_1025250380898352_721829011_n 

 

Os Kharas

About Os Kharas

Viva a aventura!

  • Diego Costa

    Aeeee David e Os kharas!!!!

    Parabéns pelo 1 ano de MK e que forma de comemorar hein. Falando da grandiosa Casa das ideias!

    Eu vejo que existem dois periodos nos filmes de herois: antes e depois do MCU, antes já era bom, mas a Marvel pavimentou o caminho para melhorar e aprimorar!

    De todos os filmes, meu fascinio ainda é Avengers 1, Cap 1 e agora Cap 3!

    Eu só espero um filme solo do Hulk pelos studios marvel!

    Mas mano, novamente parabens! Que venham mais e mais anos de Os Kharas e MK!

    abs