[Memory Khard] – Cavaleiros dos Zodíaco

Banner Memory Khard

[Memory Khard] – Cavaleiros dos Zodíaco

Quando eu fiz a resenha sobre mangás, listei e indiquei meus favoritos para quem quiser ler. Claro que eles têm versões animadas chamadas de animes e que as animações não seguem a risca o que está no mangá. Sou de uma época que tive uma infância muito boa e sinto falta daquele tempo em que não tínhamos responsabilidade sobre nada. Em 1994, a extinta Rede Manchete que trouxe para nós grandes desenhos que desfrutávamos toda à tarde. Foi a responsável pelo grande fenômeno chamado Cavaleiros do Zodíaco.

cdz_1

Criado em 1986, por Masami Kurumada, Saint Seiya ou Cavaleiros do Zodíaco como ficou conhecido aqui no ocidente. A historia se concentra em Seiya, forçado a ir ao Santuário na Grécia para obter a Armadura de Bronze de Pégaso, uma veste usada pelos 88 guerreiros da deusa grega Atena, conhecidos como Cavaleiros. Após despertar o poder dos Cavaleiros, uma essência espiritual que se originou com o Big Bang (chamada de Cosmos), Seiya se torna o Cavaleiro de Pégaso e volta ao Japão para encontrar sua irmã mais velha. Como a jovem havia desaparecido no mesmo dia em que Seiya foi para o Santuário, Saori Kido, a neta do homem que enviou todos os órfãos para treinar, faz um trato com ele e o pede que participe de um torneio chamado de Guerra Galáctica, onde os órfãos que sobreviveram e se tornaram Cavaleiros de Bronze devem lutar para ganhar a mais poderosa Armadura: a Armadura de Ouro de Sagitário. Se Seiya vencesse o torneio, Saori iniciaria uma busca por sua irmã.

Assim como Transformers que teve seu desenho lançado para vender os bonecos, Cavaleiros teve a mesma ideia. Trazido pela Manchete além de preencher a sua grade na televisão, tinha um trabalho de divulgação para venda dos bonecos do desenho. Lembro-me quando era criança que o primeiro bonequinho dos Cavaleiros foi o Seiya com a armadura de Sagitário, que brinquei bastante até poder comprar os outros.

A Saga do Santuário, também conhecida como A Saga das Doze Casas, é um dos principais arcos do anime. A primeira saga da série clássica narra à tentativa do Grande Mestre de dominar o mundo e o seu confronto com os Cavaleiros de Bronze fiéis à deusa Atena. É uma saga diferente das outras e foi onde a história se desenvolveu e é por muitos fãs que a consideram a melhor. Ela foi tão marcante por vários fatores, principalmente o companheirismo que aqueles cinco jovens tem de que o único objetivo era salvar Saori que era a encarnação da deusa Atena da morte, os cavaleiros de ouro, por serem relacionados aos signos do povo e dos fãs, ficaram muito mais famosos até que os cavaleiros de bronze, a luta de Shiryu contra os cavaleiros de Câncer e de Capricórnio e a também a superação de Seiya para chegar até a sala do Grande Mestre.

cdz

Para nós que crescemos com esse tipo de narrativa de historia, Seiya e os outros cavaleiros eram para nós grandes heróis que um dia queríamos nos tornar um. No meu caso eu sou um grande fã de Ayrton Senna e quando ele morreu não ficou só para mim, mas para aqueles que o tinham como um grande herói um vazio. Os Cavaleiros preencheram esse vazio não só meu, mas de muitos que também sentiam.

Seu universo é grande e até hoje tem animes sobre eles sendo exibidos. Na Manchete foram exibidos 112 episódios divididos em três sagas: Santuário, Guerreiros Deuses e Poseidon. Vou indicar duas que hoje ainda curto bastante assistir.

cdz

Saint Seiya: Hades – Saga do Santuário.

A Saga de Hades é um dos arcos principais da série de anime e mangá. Que relata a Guerra Santa entre Athena e Hades. Esta depois da Saga do Santuário é a segunda mais popular entre os fãs, mas obviamente tem a que a considere a melhor, pois foi nesta saga, em que Shion e Dohko têm mais destaque, e que os outros cavaleiros de ouro participam mais, além de se enfrentarem, fazendo termos noção de diferença de poder entre os cavaleiros de ouro e os cavaleiros de bronze. Sua estrutura é muito diferente da saga de Asgard e Poseidon (no anime, as batalhas são mais curtas). Dividida em três partes: Santuario, Inferno e Elíseos. Eu indico a primeira por esses motivos citados. Os cavaleiros de ouro são demais!

cdz

Saint Seiya: The Lost Canvas – A Saga de Hades

A série tem como protagonista o cavaleiro de bronze de Pégaso do século XVIII, Tenma. Ele é um orfão que cresceu junto e tem uma ligação forte com Alone, o hospedeiro do maligno deus HADES, e com Sasha, a encarnação da deusa Atena. Apesar de apresentar uma nova Guerra santa, primeiramente vista na Saga de Hades da obra original, The Lost Canvas se passa dois séculos antes da Guerra contra Hades enfrentada por Seiya de Pégaso e seus amigos. Por este motivo, vários personagens conhecidos na obra original também participam deste anime, como Dohko de libra e Shion de Aries, mas sua apresentação e progresso na história são diferentes de como se dão no Século XX. Infelizmente o anime teve duas temporadas e não teve continuação. Devido ao sucesso de animes maior como Naruto e Bleach. The Lost Canvas não teve sucesso e não foi renovada mais uma temporada, mas quem quiser saber o final leia o mangá que este sim está completo.

Este é o universo de Cavaleiros do Zodíaco, que hoje em dia não tem mais tanto sucesso assim, mas teve o seu valor e foi o grande responsável por trazer grandes animes que fizeram a nossa infância ser muito boa.

David

About David

Sou apenas um Khara que busca seus objetivos com o tempo.