[Memory Khard] – Eternamente Chaves

chaves22

A resenha dessa semana é feita com enorme carinho. Assim como todos nós temos um carinho muito especial por esses personagens criados pelo inesquecível Roberto Gomes Bolaños. Não vai ser sem querer querendo, mas com muito prazer falarei de Chaves.

O Destino de Bolaños foi marcado na segunda metade do ano de 1928. Ao tentar se curar de um resfriado, sua mãe, Elsa Bolaños, falo ao telefone com seu cunhado que era medico e pediu um medicamento e outros para cuidado de sua saúde. Horas depois, Elsa começou a se sentir muito mal e com o medo da morte chegar a ela pediu para que o medico fosse novamente a sua casa. Depois de verificar os medicamentos, seu cunhado disse que estava tudo certo, a menos que ela estivesse gravida. Pois um desses remédios tinha uma substancia que podia gerar o aborto de Roberto. Foi suspensa a medicação. E assim nasceu Bolaños, em fevereiro de 1929.

chaves2
Quando pequeno, sonhou em ser jogador de futebol profissional e por isso a sua adoração ao Brasil e a Pelé, quando chegou à adolescência quis ser boxeador ou engenheiro. No entanto, com o passar do tempo, descobriu casualmente a sua vocação: divertir as pessoas com seu senso de humor. Bolaños foi escritor e roteirista de programas no México, mas na década de 70, destacou-se como criador de grandes e simpáticos personagens, entre eles estão o nosso maior herói de todos Chapolin e o menino que tem como espelho as crianças todo dia fomos: Chaves e Chapolin, duas das personas mais populares na história da televisão latino-americana. Durante sua carreira ganhou um apelido de Chespirito que é inspirado em William Shakespeare. A partir daí o fonema CH se transformou em um amuleto de boa sorte para Bolaños ( Chaves,Chapolin, Chapatin e Chaveco). Durante 25 anos consecutivos, todos esses personagens foram adotados por milhões de famílias em todo o continente.

chaves-e-chapolin

Durante o programa de Chespirito em 1970, foi transmitido pela primeira vez a esquete daquele que é maior que toda a Liga da Justiça, Vingadores e esses heróis que tem aí. Falo de Chapolin Colorado. Chapolin era uma parodia das series de super-heróis americanos que faziam sucesso na época. Armado de sua marreta biônica, Chapolin aparecia nas situações mais inesperadas ao ser invocado com um “Oh, e agora quem poderá nos defender?” Sua forte determinação, que o ajudava a solucionar os problemas e ganhar o reconhecimento. O mais legal de Chapolin era a lista de inimigos que sempre tentava atrapalhar o feito de nosso herói. A maioria deles interpretado magistralmente por Don Ramon Valdez, o Seu Madruga eram: Alma Negra, Racha Cuca, Tripa Seca e Mão Negra. Existem outros, mas a química de Bolanõs e Don Ramon era a graça da série.

inimigos

Neste mesmo esquete, Bolaños interpretava um garoto que vivia em uma vila. Chaves alcançou o sucesso talvez por que, pela primeira vez no México via um espaço humorístico dirigido ao público adulto, mas com adultos fazendo papéis de criança. Bolaños criou o cenário de Chaves com baixo custo e começou a reunir o elenco com qual consolidou Chaves como o principal programa humorístico da televisão mexicana. Para criar Chaves, Bolaños se espelhou nas crianças mais humildes que não tinham muita coisa em suas casas. Sempre inventavam brinquedos na rua como a bola de trapos ou para nós aqui a famosa bola de meia, ou o bilboquê feito de lata. Além de ser uma grande marca, Chaves também tem personagens icônicos como citado acima que é Don Ramon Valdez, o Seu Madruga, aquele estereotipo do malandro que sempre arrumava um jeito de se virar, Quico que era a criança mimada protagonizada por Carlos Vilagran e Seu Barriga, que era o dono da vila, que foi protagonizado por Edgar Vivar.

turma

Como Chaves e sua turma chegaram ao Brasil? Sua história começa quase junto a do SBT. Em 19 de agosto de 1981 entrava no ar a TVS que, alguns anos depois, se tornaria o SBT. Para complementar a programação da recém-formada emissora, Silvio Santos analisou vários pacotes de programação oferecidos por emissoras estrangeiras. Dentre eles estava o da mexicana Televisa, com boas produções a baixos custos. Porém, essa programação só poderia ser vendida por completo com todos os programas, sendo que, no meio dessa programação, estava o seriado ´´El Chavo Del Ocho´´ que não agradou a nenhum diretor do SBT, nem mesmo a Silvio Santos. Mas, sabendo do sucesso que o seriado fazia em toda a América Latina, Silvio Santos decidiu colocá-lo no ar. E ainda nos dias de hoje Chaves e Chapolin tem seu espaço na grade de TV do SBT. Pode ser repetido, mas é muito melhor do que várias coisas que tem ai na TV aberta.

sbt

Chaves e Chapolin tem um significado para cada um de nós. Não só para as crianças que cresceram junto com eles, mas para muitos pais que junto com seus filhos aprenderam a amar esses personagens. Bolaños queria ser boxeador, jogador de futebol e arquiteto e ele foi. Cada uma de suas esquetes seja de Chapolin ou de Chaves mostravam um pouco dos seus sonhos. Para mim me traz o sentimento de uma infância ótima, que sempre ao chegar do colégio junto com minha avó assistia sempre na parte da tarde e à noite. Charles Chaplin para muitos é considerado um gênio por ter feito filmes de comedia que marcou uma geração e que muita gente paga de culto só por assistir um filme dele, mas não sabem a sua história. Roberto Gomes Bolaños para mim é o Chaplin da minha geração, um gênio da comedia que não precisou baixar o nível para mostrar o seu talento. Com apenas a ingenuidade de Chaves e a astucia de Chapolin, marcou uma ou duas gerações.

Foto

Aonde quer que esteja obrigado por tudo.

Texto: David Ferreira
Os Kharas

About Os Kharas

Viva a aventura!

  • Diego Costa

    Manos Kharas, em especial David parabens! Que texto lindo e cheio de emoção. Tenho lembranças iradas de Chaves e ótimos ensinamentos tb. O que mais me marcou foi a solidariedade do Seu Madruga e do Chaves ao compartilharem entre si um pedaço de bolo e o um “refresquinho” e eu via isso em casa, pois não tínhamos muita grana, mas sempre tinha um prato a disposição na mesa de quem chegava em casa.
    Chaves marcou minha vida e com ctz vai marcar a dos meus filhos!