[Resenha] Cemitério de Dragões – Legado Ranger I

“Em diferentes pontos do planeta Terra, cinco pessoas com histórias e origens completamente distintas desaparecem por motivos variados e acordam numa outra realidade. Em meio a guerras envolvendo demônios, dragões, homens-leão, seres fantásticos e metal vivo, os cinco precisam compreender os motivos de estarem ali e combater um mal que talvez não possa ser impedido.” – Sinopse encontrada no site Submarino.com.br

OsKharas_CdD

                Cemitério de Dragões foi minha primeira tentativa com o autor Raphael Draccon. Lembro-me de no lançamento do livro ter lhe perguntado via Twitter se era possível ler este livro sem ter lido antes Dragões de Éter. Como resposta, ele me informou que era um novo universo. De fato, um novo-velho universo.

                O livro nos apresenta a história de 5 pessoas que se vêem em um mundo ao qual elas desconheciam e nem mesmo sabiam que poderia existir. Um mundo onde seres reptilianos e dragões habitam. Um mundo onde seres de capacidades únicas treinam enquanto aguardam que uma profecia se cumpra. Um mundo repleto de medo, mas também de esperança.

                Derek, soldado das forças especiais dos Estados Unidos da América.

                Ashanti, uma africana nascida e criada perante os conflitos étnicos em Ruanda.

                Amber, uma garçonete irlandesa treinada em MMA.

                Daniel, um hacker japonês criado no Brasil.

                Romain, um dublê francês.

                Estes são os cinco personagens principais da trama que envolve a descoberta de um novo mundo e a descoberta de cada um deles.

                Imagine ser jogado em um lugar desconhecido do mundo, sem saber falar a língua local, sem saber onde estão seus parentes, sem entender absolutamente nada da cultura local e sem saber por que está preso junto a criaturas grotescas que obedecem a um grande demônio.

                 Cemitério dos dragões é um livro para todas as idades, pois cada personagem representa bem um traço característico da humanidade. Sendo este um livro sobre pessoas, é uma certeza que você irá se identificar com um dos personagens ou talvez com um traço da personalidade ou até mesmo um drama vivido por um deles.

                Cada pedaço da leitura de cemitério de dragões trás uma sensação diferente e peculiar para cada tipo de leitor de acordo com a vida e experiências que cada individuo possui. Alem disso, trás outros sentimentos distintos para aqueles com idades diferentes devido a suas inúmeras referências a cultura dos anos 80/90/2000.

                Eu gostaria de agradecer pessoalmente a Raphael Draccon por esta obra que me fez refletir muito alem de entreter e ensinar. Um desejo meu é que todos tenham a oportunidade de ter em mãos esta obra que terá continuações e que contarão com o selo de qualidade Raphael Draccon.

Titulo: Cemitério dos Dragões – Vol. 1

Paginas: 352

Editora: Rocco

Ano: 2014

OsKharas_Resenha

Os Kharas

About Os Kharas

Viva a aventura!